slideline
  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

  • slide01

    Promovendo o desenvolvimento e fortalecendo o mercado de resseguro no Brasil

Notícias

  • Após Mariana, seguradoras fixaram limites

    2019-01-28

    Fonte: Valor Econômico

    Por Flávia Furlan
     
    Após o acidente da Samarco no município de Mariana (MG) em novembro de 2015, as seguradoras impuseram à Vale uma limitação para indenizar a empresa em caso de rompimento em barragens. O acidente da Samarco causou prejuízos de US$ 4 bilhões e estima-se que metade disso tenha sido custeado pelo mercado segurador.
     
    Dessa forma, segundo uma fonte disse ao Valor, apesar de a mineradora ter contratos de seguros que totalizam cobertura de US$ 2,8 bilhões, ela pode ter acesso a apenas 10% do valor, ficando com a maior parte do prejuízo do rompimento da barragem ligada à Mina do Feijão, que ocorreu sexta-feira no município de Brumadinho (MG).

     

    Voltar

Av. Rio Branco, 57 salas 804 e 805 - Centro
CEP. 20090-004 - Rio de Janeiro / RJ

Tel. (21) 2223-0133
E-mail: contato@fenaber.org.br